Nota fiscal eletrônica

05/07/2020
Nota fiscal eletrônica

A nova fiscal eletrônica é um documento fundamental, sendo um direito do consumidor e uma obrigação do prestador de serviço o fornecimento desse documento. Por isso, passa a ser importante saber como solicitar a 2a via da Nota Fiscal Eletrônica.

Afinal de contas, ela irá servir tanto para você contabilizar as suas despesas como também para a elaboração do seu imposto de renda. Assim, é fundamental guardar esse documento de maneira segura.

Pela definição oficial brasileira, uma nota fiscal eletrônica (NF-e) é “um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes”.

A Nota Fiscal eletrônica também é vista como um instituto oficial de fiscalização tributária, que entrou em vigor no dia 15 de setembro de 2006, e que substitui a nota fiscal impressa (modelos 1 e 1A), havendo a previsão de estender a substituição a outros modelos de notas fiscais.

De maneira geral, a obrigatoriedade da emissão de nota fiscal eletrônica engloba empresas de todos os tamanhos, incluindo os optantes pelo Simples Nacional. Por isso, o consumidor poderá solicitar uma NT-e sempre que desejar.

Caso você tenha perdido a sua nota fiscal, será possível solicitar a segunda via. Para isso, será preciso entrar no site da receita. Portanto, separamos um passo a passo do que você deve fazer para solicitar a 2a via da Nota Fiscal Eletrônica.

Solicitar a 2ª Via Nota Fiscal Eletrônica

Para solicitar a 2ª Via da sua Nota Fiscal será necessário ter a chave de acesso da nota, sem essa chave não tem como realizar a solicitação. Essa chave de acesso geralmente vem junto com o documento de compra (sendo a empresa quem fornece).

A chave de acesso fará com que você possa solicitar tanto a nota fiscal completa como a versão resumida. Com essa chave de acesso em mão, entre no site da Receita Federal. Essa é uma maneira facilitada de realizar a solicitação da segunda via da Nota Fiscal Eletrônica.

Afinal, antigamente era preciso ir até a empresa para solicitar uma nota fiscal, demandando mais tempo. Além disso, algumas empresas demoravam para disponibilizar essa informação, fazendo com que tudo fosse ainda mais complicado.

Entre no site da Receita Federal, que é o http://www.nfe.fazenda.gov.br/Portal/principal.aspx para solicitar a 2ª Via de Nota Fiscal. 

Clique em Consultar NF-e Completa. Nesse momento será pedido a informação da Chave de Acesso da NF-e. A chave de acesso é um número de 44 dígitos presentes no DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica).

Ao preencher o campo com o código, clique ao lado dos dizeres “Não sou um robô” e resolva o CAPTCHA. Essa “captcha” é uma forma de demonstrar que o clique foi realizado por uma pessoa, pois deverá resolver um “quebra cabeça” para liberar o acesso. Essa é uma maneira de evitar entradas “automáticas”, principalmente por causa de “hackers”

Em seguida basta clicar em continuar. Para que a consulta funcione corretamente, é necessário que seu navegador esteja habilitado para gravação de “cookies”.

Dessa maneira você terá acesso à segunda vida da Nota Fiscal Eletrônica, com todos os dados necessários referente à sua compra. Por isso, é fundamental guardar todos os dados, para que assim você não tenha problemas na hora de realizar o seu imposto de renda. 

Os benefícios da Nota Fiscal Eletrônica

O Projeto NF-e tem como objetivo realizar mudanças significativas no processo de emissão e gestão das informações fiscais, trazendo grandes benefícios para os contribuintes e as administrações tributárias. Dentre esses benefícios, pode-se destacar, por exemplo:

Aumento na confiabilidade da Nota Fiscal;

Melhoria no processo de controle fiscal, possibilitando um melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos;

Redução de custos no processo de controle das notas fiscais capturadas pela fiscalização de mercadorias em trânsito;

Diminuição da sonegação e aumento da arrecadação;

Suporte aos projetos de escrituração eletrônica contábil e fiscal da Secretaria da RFB (Sistema Público de Escrituração Digital/SPED).

Além disso, o projeto da emissão da Nota Fiscal eletrônica também contribui para a redução do consumo de papel, com impacto positivo no meio ambiente. Incentivando o comércio eletrônico e ao uso de novas tecnologias. Padronizando os relacionamentos eletrônicos entre as empresas e claro, surgindo como uma oportunidade de negócio e empregos na prestação de serviços ligados à Nota Fiscal Eletrônica.

Dessa forma, a Nota Fiscal Eletrônica é um projeto que visa o futuro, facilitando cada vez mais a vida do consumidor e das empresas, possibilitando que a relação de compra e venda seja cada vez mais facilitada.

Portanto, não se esqueça de guardar os dados da sua Nota Fiscal Eletrônica, principalmente os números da Chave de Acesso, assim será possível encontrar as suas notas com muita facilidade no site da receita.

aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(prévia copia do nosso contéudo, pode trazer sérias conseqüências!)
(Este Portal não tem nenhuma ligação com a Globo, o nome é apenas fantasia.)