Roncar Faz Mal? Causas e Melhores Tratamentos

Descubra se roncar faz mal para a saúde e saiba os seus motivos e tratamentos, para melhorar a forma de dormir.

03/12/2020
Roncar Faz Mal? Causas e Melhores Tratamentos

O ronco pode atrapalhar o sono de muitas pessoas, tanto de quem roncar quanto de quem está ao lado dessa pessoa.

Por isso, o ronco pode ser algo completamente incômodo nas preciosas noites.

Assim, tratar o ronco também é uma maneirar de melhorar a forma de dormir, de todos os envolvidos. 

Além disso, será que o ronco faz mal para a saúde?

É possível diminuir o ronco? Será que existe algum tratamento para isso?

São exatamente essas respostas que você irá encontrar nesse artigo.

Portanto, se você está com dificuldades com o ronco, seja o seu ou o de outra pessoa.

Descubra o que você pode fazer para resolver o seu problema. 

O ronco faz mal?

Alguns estudos recentes sugerem que o ronco faz mal.

Pois essa condição contribui para interromper a respiração no momento do sono. Além disso, o ronco noturno está relacionado com a pressão arterial, derrames e até mesmo ataques do coração.

Além disso, o ronco pode contribuir para dificultar o sono, fazendo com que as pessoas acordem no meio da noite, tendo dificuldades para dormir novamente.

Assim, em alguns casos, o ronco acaba afetando a qualidade do sono das pessoas.

Por isso, o ronco pode fazer mal tanto para que o possui, quanto para quem convive com essa pessoa, que pode ter a sua qualidade de sono significativamente prejudicada.

O ronco e a apneia do sono

O ronco acontece quando a passagem do ar pelo nariz e garganta fica obstruída, durante o sono. Dessa forma, a língua acaba se posicionando e interferindo na passagem do ar.

Tudo isso faz com que os tecidos ao redor vibrem, produzido um som diferenciado. Esse som é conhecido como ronco.

De acordo com a American Academy of Sleep Medicine, cerca de 80% dos adultos roncam durante a noite. Porém, a maioria desconhece o fato.

A apneia do sono, por outro lado, é um distúrbio em que a respiração é interrompida durante o sono.

Interferindo significativamente na qualidade do sono e na própria respiração.

Em alguns casos, a apneia pode fazer com que a pessoa acorde fatigada, ficando sonolenta durante o dia, diminuindo a qualidade do sono, fazendo com que a pessoa tenha dificuldade em cair no sono profundo.

Portanto, a apneia vai além dos sons produzidos durante a noite, tendo como características a interrupção da respiração, causando também barulhos, mas indo além do ronco comum. 

As causas do ronco noturno

Existem diversos fatores que podem contribuir para que o ronco aconteça durante a noite. Por isso, vamos listar os principais deles.

Em alguns casos, é possível evitar que o ronco ocorra, modificando alguns desses fatores.

O ronco por causa da constituição física: Algumas pessoas possuem a passagem de ar mais estreita, fazendo com que o ronco aconteça (isso é mais comum nos homens).

Além disso, causas hereditárias, como garganta estreita, também pode pode contribuir para o ronco.

Problemas nasais: Em alguns casos, em que as vias aéreas ficam bloqueadas, ocorre uma dificuldade para inspirar, criando um vácuo na garganta e, consequentemente, provocando os sons do ronco.

Obesidade: Pessoas acima do peso tendem a roncar mais, pois os tecidos, com o acúmulo de gordura, podem influenciar para que o sonso ocorram no período da noite.

O ronco e a idade: É comum também que pessoas com mais idade passem a roncar, pois com o tempo, a garganta passa a estreitar e o tônus muscular diminui.

Assim, os sons dos ronco podem ocorrer. Isso pode ser modificado  com exercícios vocais  e mudança de posição para dormir.

O ronco relacionado com álcool e cigarro: O consumo de álcool pode fazer com que os músculos relaxem, fazendo com que ocorra uma obstrução da passagem do ar e, com isso, ocorra o ronco.

Além disso, os fumantes também podem ter mais propensão ao ronco, pelo mesmo motivo.

O que fazer para parar ou diminuir o ronco?

roncar

Em alguns casos, pode ser possível diminuir o ronco e até mesmo acabar de vez com ele.

Mas, isso depende muito dos motivos de a pessoa estar roncado. Assim, separamos algumas formas que podem te auxiliar a diminuir o seu ronco. 

Os travesseiros elevados, em alguns casos, podem facilitar a respiração. Dessa forma, o ronco pode não ocorrer.

Além disso, dormir de lado pode fazer com que a pessoa não tenha ronco. Geralmente, quem dorme de costas fica mais propenso ao ronco.

A umidade do quarto pode contribuir para que a pessoa não possua o ronco, afinal, o ar seco pode irritar as membranas da garganta e do nariz.

Por isso, é interessante utilizar um umidificador de ar e perceber se, com isso, o ronco diminui.

Além disso, é interessante limpar as passagens nasais, para evitar o ronco. Isso pode ser feito com um descongestionante nasal, ou medicação antialérgica, se for o caso. 

Em últimos casos, é possível utilizar aparelhos para parar de roncar

Alguns aparelhos foram desenvolvidos para auxiliar as pessoas a resolver esse tipo de problema.

A maioria deles serve para auxiliar a passagem do ar e diminuir os barulhos. 

Parar de roncar nem sempre é fácil, principalmente porque os motivos do ronco são muitos.

Por isso, é interessante buscar alternativas diferenciadas para eliminar o ronco e passar a ter uma noite mais tranquila, com mais qualidade no seu sono.

Confira mais dicas aqui no nosso site!

aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(prévia copia do nosso contéudo, pode trazer sérias conseqüências!)
(Este Portal não tem nenhuma ligação com a Globo, o nome é apenas fantasia.)